Blog PLQ

Posts

Acessórios

Castroagem: conheça a técnica

Castroagem: conheça a técnica

A prática pode dar uma característica mais pessoal à peça que está sendo produzida.

Castroagem é uma técnica utilizada na produção de bijuterias. Apesar do nome exótico, trata-se simplesmente do ato de se fazer uma argolinha na ponta do material a ser utilizado na produção de qualquer peça de bijuteria. A castroagem também é conhecida como terminação de pino.


Toque de personalidade

Essa é uma técnica essencial quando a intenção é dar uma característica mais pessoal à peça que está sendo produzida. A castroagem somente pode ser feita por meio da mão de obra humana, já que é praticamente impossível aplicar a técnica para criações variadas utilizando máquinas, principalmente quando está se produzindo algo exclusivo. Por meio dela, é possível dar um toque de personalidade à joia, semijoia ou bijuteria.

 
Materiais utilizados

Os materiais mais indicados para se fazer a castroagem são os alfinetes contrapino, os palitos com bolinha, os pinos com cabeça, entre outros. Essas peças podem ser produzidas com os mais diversos materiais, no entanto, os mais comuns e de fácil acesso são os feitos com fio de latão e fio de cobre.


Ferramentas necessárias

Para a execução da técnica da castroagem é necessário uma simples ferramenta: o alicate de ponta redonda. É ele que dará à peça o formato de argolinha. Existem no mercado variados tipos de alicate de ponta redonda, porém o mais recomendado é o de quatro polegadas e meia.

Castroagem: conheça a técnica

O alicate de ponta redonda é a ferramenta utilizada na técnica da castroagem.


Tipos de castroagem

Basicamente, são três os tipos de castroagem mais utilizados:

1- a argolinha simples;

2- a argola terminada com um nozinho, que também é conhecida como “rabinho de porco”;

3- a molinha na ponta de um fio ou de um contrapino.

Entretanto, vale lembrar que, com criatividade, pode-se fazer outros tipos de castroagem ou terminação, como também é conhecida.


Nas peças

A técnica é utilizada na produção de qualquer peça de bijuteria, seja ela um brinco, pulseira, gargantilha, na produção de berloques em pulseiras, tornozeleiras e tantas outras. Os hippies, por exemplo, que utilizam muito a amarração manual, não dispensam o uso da castroagem em suas criações.


Quanto à espessura do material

Para saber qual a espessura ideal do material usado para sua execução, a dica é estar atento, basicamente, à questão da proporcionalidade, ou seja, vai depender apenas do elemento que a pessoa pretende pendurar, amarrar ou entremear na peça que está produzindo. O que conta, na verdade, é a criatividade.


Para aprender a castroagem

Na internet também é possível encontrar diversos vídeos com dicas sobre castroagem, porém, se você tem interesse em aprender a técnica, o SENAI de Limeira (SP) já possui em sua grade curricular cursos de produção de joias, semijoias e bijuterias. Basta acessar o site da instituição para obter mais informações.


Na PLQ Acessórios

A PLQ possui todo o material que você precisa para executar a técnica da castroagem, desde as ferramentas às peças, para que seja possível criar acessórios únicos, personalizados, de qualidade e, principalmente, com matéria-prima segura para as bijuterias.


Faça-nos uma visita ou acesse nosso site! E se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco. Será uma satisfação atendê-lo!

PLQ  Acessórios

por PLQ Acessórios em 11.10.2018
tags: bijuterias, PLQ Acessórios, Castroagem

0 comentário(s)
Para que servem as bases para brincos
Para que servem as bases para brincos
Argolinhas para montagem de bijuterias
Argolinhas para montagem de bijuterias
Significado dos anéis em cada um dos dedos
Significado dos anéis em cada um dos dedos
O lado espiritual das joias e bijuterias
O lado espiritual das joias e bijuterias
Dicas para começar a produzir bijuterias
Dicas para começar a produzir bijuterias

Olá, deixe seu comentário para Dicas para começar a produzir bijuterias

Enviando Comentário Fechar :/